terça-feira, 16 de agosto de 2011

Para descontrair

Numa pequena cidade do interior, uma mulher entra em uma farmácia e fala  ao farmacêutico:
- Por favor, quero comprar arsênico.
- Mas... não posso vender isso assim!
- Qual é a finalidade?  - Matar meu marido!
- Pra este fim... piorou... não posso vender!
A mulher abre a bolsa e tira uma fotografia do marido transando com a mulher do farmacêutico.
- Ah bom!... com receita é outra coisa.

1 comentários:

Anônimo,  16 de agosto de 2011 23:11  

rsrsrs...muito boa vingança...

Bjka!!!

  © GAZETA MARINGAENSE O PORTA-VOZ DA COMUNIDADE. template Configurado por Carlos Jota Silva 2010

Voltar ao TOPO