quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

UEM tem mais um curso de mestrado aprovado

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou a criação do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, que irá oferecer o curso de mestrado consorciado entre as Universidades Estaduais de Maringá (UEM) e Londrina (UEL).
O anúncio foi feito nesta quarta-feira (20). O programa, proposta conjunta das duas instituições, é o primeiro mestrado em Arquitetura e Urbanismo do estado do Paraná e terá como área de concentração Metodologia do Projeto. Serão duas linhas de pesquisa: Historiografia e metodologia de organização de dados para o projeto e ‘Produção do ambiente construído.
Serão ofertadas 12 vagas para o primeiro ano do curso, mas o calendário de inscrições ainda não está fechado, devendo ocorrer nos primeiros meses de 2012. As disciplinas serão desenvolvidas em regime semestral, em ambas as instituições, de modo a potencializar a interação dos pós-graduandos. 
O exame de seleção constará das seguintes fases: prova de conhecimentos específicos; análise do currículo Lattes documentado; análise do anteprojeto de pesquisa; e entrevista.
Outras informações no Departamento de Arquitetura e Urbanismo, pelo telefone (44) 3011-4429 ou pelo email rlrego@uem.br.

1 comentários:

JOSÉ ROBERTO BALESTRA 21 de dezembro de 2011 13:29  

Santiago/Malu, a UEM está nos devendo há décadas um mestrado de qualidade para o curso de Direito.

Mas que seja gerido pela própria UEM, e não por firma ou “fundação” terceirizada, administrada por doutores, mestres e ex professores vaidosos, vinculados a uma outra instituição local privada, com preocupação mínima com a qualidade do curso, e mais, sempre se atrelando às decisões da UEL quanto às disciplinas (as que se davam no mestrado de lá, não se davam no mestrado de cá...).

Eram assim o extinto mestrado que já houve na UEM, acolhido por termo de cooperação assinado com uma tal de Alumni (Fundação dos Alunos do Mestrado em Direito - R E S O L U Ç Ã O No 501/2000-CAD) http://www.scs.uem.br/2000/cad/501cad2000.htm, que em verdade DE ALUNOS mesmo sua direção não tinha nada, exceto esses doutores, mestres e ex professores vaidosos a que me referi antes, e que só viam número$ na tal “fundação”, uma vez que exigiam dos alunos - aos moldes dos caríssimo mestrados da USP e PUC da Capital de SP - uma mensalidade de valor elevado, portanto, para uma minoria, e daí elitista!

De qualquer forma, meus parabéns à UEM pelo Mestrado em Arquitetura e Urbanismo.

  © GAZETA MARINGAENSE O PORTA-VOZ DA COMUNIDADE. template Configurado por Carlos Jota Silva 2010

Voltar ao TOPO