terça-feira, 20 de setembro de 2011

Lei Maria da Penha às avessas

Uma decisão da Justiça de Mato Grosso do Sul traz uma inovação baseada na Lei Maria da Penha. Uma mulher foi proibida de chegar perto do ex-marido, pois é acusada de surrá-lo constantemente. Além de bater no pobre coitado ela ainda o ameaçou de morte. O juiz não teve dúvidas e determinou que a fulana fique no mínimo a 100 metros do ex, sob pena de ser presa e ter que pagar uma multa.

1 comentários:

Anônimo,  20 de setembro de 2011 18:16  

Boa, essa mulherada estão usando desta lei para se beneficiar, alguns casos são verdadeiros, mas a maioria ela simulam para conseguir um bom acordo com o ex-marido. É armação mesmo.

  © GAZETA MARINGAENSE O PORTA-VOZ DA COMUNIDADE. template Configurado por Carlos Jota Silva 2010

Voltar ao TOPO